Soluções para isolar o ruído de tráfego nas estradas

As estradas unem pessoas, na medida em que se estima que milhões de veículos circulem pelas estradas.

Na Metalesa o nosso objetivo é velar pela Segurança das pessoas. Por isso, encarregamo-nos de garantir a segurança ao volante através dos nossos sistemas de contenção como as guardas de segurança metálicas, os terminais ou os amortecedores de impacto. Não obstante, nas estradas existe outro perigo que não se vê… mas que se ouve. E não para os ocupantes de veículos, mas sim para as pessoas que vivem à sua volta: a contaminação acústica.

A contaminação acústica é um problema que enfrentamos todos os dias, tanto em estradas como em ambientes urbanos. Os seus efeitos são nocivos para as pessoas e o meio ambiente. Por isso, cada vez mais, a sociedade está a tomar consciência disso através de planos de ação concretos por parte das autoridades, incentivando medidas para acabarem com o problema do excesso de ruído nas vias urbanas e interurbanas.

Estudos acústicos nas estradas

Uma destas medidas é precisamente a execução de estudos acústicos. Através de mapas de ruído, mede-se a contaminação de uma zona concreta. Se tal estudo acústico determinar um excesso de ruído, procede-se à configuração da solução ótima para o atenuar, normalmente uma barreira acústica.

Não há dúvida de que as barreiras acústicas são a melhor medida corretiva para a redução da propagação do ruído gerado pelo trânsito rodoviário ou ferroviário, dado que atuam como barreira entre o recetor e a fonte emissora do ruído. Desta forma, as barreiras acústicas são os sistemas antirruído mais utilizados nas infraestruturas de transporte, pela sua rápida instalação, a sua relação qualidade-preço e a sua eficácia.

As nossas barreiras acústicas

Na Metalesa, através da instalação das nossas barreiras acústicas, velamos pela qualidade de vida das pessoas que habitam em áreas próximas do tráfego e, por conseguinte, zonas com demasiado ruído.

As nossas barreiras acústicas são compostas por painéis fonoabsorventes que proporcionam soluções acústicas e mecânicas de qualidade. Permitem a minimização da contaminação acústica provocada pelo tráfego nas estradas, de caminhos de ferro, ou de qualquer outra área, como as instalações industriais (polígonos, fábricas, etc.), comerciais (equipamentos de climatização), ou pelo ruído gerado por eventos em instalações de lazer ou desportivas. Além disso, as nossas barreiras acústicas que fazem parte da nossa vasta gama de sistemas de blindagem, cumprem as normas europeias EN14388, EN16272 e EN16727.

Conheça mais sobre a Regulação de dispositivos redutores de ruído para estradas.

Como saber qual o tipo de barreira acústica que deve ser instalado para se acabar com o ruído?

Há múltiplas considerações na hora de escolher a barreira acústica adequada para um projeto.

Por um lado, os requisitos definidos pelo estudo acústico que deve guiar o projeto.

Temos várias configurações de painéis para cada cenário, todos eles acreditados mediante ensaios efetuados em laboratórios acreditados: metálicos de aço ou alumínio, metacrilato, madeira ou malha vegetal.

É fundamental que se tenham em conta os agentes ambientais e climáticos aos quais os painéis estarão expostos. Principalmente as cargas de vento que ditam as cargas mecânicas que o painel deve suportar. Os nossos especialistas em cálculo de estruturas têm uma vasta experiência na conceção da solução ótima para cada caso. Mas também outras causas como o tipo de ambiente, que deriva em diferentes níveis de corrosividade, e face ao qual se devem aplicar os acabamentos adequados

Finalmente, a estética faz parte indiscutível da decisão. Aspetos como a integração com uma paisagem arborizada e verde, ou a manutenção da visão face a uma panorâmica atrativa, são questões a ter em conta e que podem tornar uma solução mais conveniente do que outra, desde a nossa barreira vegetal ou de madeira até outra de metacrilato.

Todos estes aspetos, devem ser tidos em conta em conjunto para que os técnicos encarregados de elaborar o projeto selecionem o painel que melhor se adapte às necessidades de cada obra de barreiras acústicas.

As barreiras que mais habitualmente se instalam em infraestruturas de estradas e caminhos de ferro são as metálicas de aço. Dispomos de numerosos modelos que resolvem qualquer casuística. Pode ver todas as nossas barreiras acústicas nesta ligação.

Mas neste artigo, concentramo-nos especialmente em configurações de barreiras acústicas menos habituais, mas igualmente interessantes:

Barreira acústica Metawood com painéis de madeira

Este painel fonoabsorvente é composto por módulos de madeira tratada em autoclave de dimensões variáveis, que se encaixa entre os perfis de fixação HEA/HEB da estrutura de suporte.

No interior, coloca-se lã de rocha com véu protetor preto, que protege o painel contra os efeitos da humidade e da erosão, evitando o desfibramento.

O painel acústico de madeira é composto pelos elementos seguintes:

  • Lado do tráfego: Nesta parte colocam-se tábuas de madeira de pinho com possibilidade de execução de combinações diferentes com tábuas na horizontal, vertical e oblíqua, conseguindo-se diversos efeitos estéticos.
  • Isolamento acústico: Trata-se de um painel semirrígido de lã de rocha com véu de cor preta que o protege contra o ataque da erosão e da humidade.
  • Lado traseiro: São tábuas de madeira de pinho escovadas colocadas horizontalmente.

Graças ao painel Metawood obtém-se isolamento e a absorção máxima do ruído. Além disso, graças aos seus materiais naturais, permitem uma excelente integração paisagística.

Barreira acústica Metagreen com painéis vegetais

No interior dos painéis acústicos vegetais  coloca-se lã de rocha e outros materiais, juntamente com uma malha de plástico de cor verde, que facilita o crescimento da vegetação. A lã de rocha é capaz de reter no seu interior a água da chuva, convertendo-se numa reserva de humidade muito valiosa, tanto para os animais, como para facilitar o crescimento da vegetação Os painéis Metagreen são fabricados com materiais recicláveis e sustentáveis.

A barreira acústica Metagreen garante um excelente efeito acústico e absorvente. Além disso, apresenta uma longa durabilidade por passar por um tratamento anticorrosão de galvanizações.

Paneles Acústicos MP

Máxima vida útil

¡Déscubrelo!

Pantalla acústica mixta de acero y metacrilato

A barreira acústica mista de aço e metacrilato, tal como as duas anteriores, também tem qualidades fonoabsorventes excecionais. Colocamos à sua disposição todo o tipo de conceções variadas.

Além disso, a sua estética proporciona uma excelente integração paisagística.

Mostramos-lhe a barreira acústica mista de aço e metacrilato que instalámos na obra da N-1 em Lasarte (Guipúzcoa).

Se necessitar de mais informações sobre as nossas barreiras acústicas, ou quiser conhecer a nossa gama completa, contacte-nos. Teremos muito gosto em ajudá-lo(a).


Nova gama de amortecedores de impacto

Todos os dias ouvimos notícias terríveis relacionadas com acidentes de viação. Um acidente pode ocorrer por diversos motivos, desde despistes ao volante, passando por um excesso de velocidade, até condições meteorológicas, ou inclusivamente um deficiente estado de manutenção do veículo. Na Metalesa estamos empenhados no fomento das boas práticas na área da Segurança Rodoviária, mas sendo realistas, os acidentes continuarão sempre a ocorrer, e trabalhamos e inovamos todos os dias para que as suas consequências sejam as menores possíveis.

Amortecedores de impacto: sistemas de contenção de veículos indispensáveis nas estradas

Um amortecedor de impactos é um sistema de contenção que se instala em pontos especialmente perigosos como bifurcações de vias, aumentando consideravelmente o nível de segurança de uma via e diminuindo as vítimas de acidentes de viação.

Trata-se de um produto de Segurança Rodoviária pouco conhecido no nosso país, mas muito eficaz e testado, tanto em ambientes de laboratório, como nas suas múltiplas instalações em estradas reais de muitos países à nossa volta. No mercado pode-se encontrar sob nomes semelhantes - amortecedor de impacto, amortecedor de impacto, ou amortecedor de choque - mas todos se referem ao mesmo tipo de dispositivo:

Na Metalesa oferecemos uma gama muito completa de amortecedores de impacto que seguramente cobrirá qualquer casuística apresentada na fase de projeto, e que gerará uma grande melhoria da Segurança Rodoviária nas nossas estradas.

Como é que um amortecedor de impacto funciona?

Este dispositivo tem uma estrutura de células de aço, unidas entre si e ancoradas ao terreno ou a uma cimentação de betão.

Quando um impacto frontal ocorre, o sistema absorve a energia do veículo de forma controlada, graças a um comportamento em que cada peça se vai deformando e encastrando na seguinte até parar totalmente o veículo em espaços muito curtos. A absorção de energia minimiza a devolução de energia ao veículo, o qual se deforma muito menos em comparação com um impacto com um obstáculo sem capacidade de absorção. Este é o segredo para a redução drástica dos danos no veículo, e das consequências para os seus ocupantes. Por outro lado, o amortecedor de impacto amortece e "ensaca" o veículo, impedindo que ressalte e saia projetado em direção à via onde poderia chocar contra outros veículos.

Outra das principais características de um amortecedor de impacto é o facto de ser instalado e funcionar de forma autónoma, isto é, trata-se de um sistema de contenção em si mesmo, que não necessita de ser ligado ou fixado a qualquer outro elemento.

É esta característica que o distingue dos terminais que, como o seu próprio nome indica, são os dispositivos com os quais se pode concluir de forma correta e segura uma barreira de segurança rodoviária.

Se estiver interessado num terminal de impacto, aceda a esta ligação para ver o nosso catálogo de terminais.

Onde é que se instalam os amortecedores de impacto?

Há múltiplas localizações onde um amortecedor de choque pode ser eficaz. Muitos deles costumam ser pontos negros das nossas estradas, isto é, troços em que ocorre um elevado número de acidentes por ano, categoria determinada pela DGT, autoridade competente na Espanha.

Os mais habituais protegem o veículo contra obstáculos onde se pode provocar um impacto frontal, por exemplo, bifurcações, saídas de autoestradas, pilares de pontes, separadores de faixas em portagens.

Conheça as vantagens da instalação de amortecedores de impacto

  • Dispomos de uma grande variedade de modelos que satisfazem os requisitos de qualquer projeto e circunstância.
  • Todos os modelos têm a marcação CE em conformidade com a norma UNE EN 1317-3, graças a ensaios à escala real em laboratório.
  • O amortecedor de impacto funciona de forma isolada, sem ligação a qualquer outro sistema de contenção.
  • Pode ser instalado diretamente sobre o terreno ou sobre laje de betão.
  • Não há risco de intrusão de componentes no interior do veículo.
  • Muito fácil de reparar ou repor peças em caso de acidente.
  • Quase não necessitam de manutenção e limpeza para o seu funcionamento correto
  • Durabilidade anticorrosão garantida, graças ao facto de o próprio produto ser composto por chapas galvanizadas em contínuo.
  • Caso o cliente deseje, pode-se efetuar termolacagem em qualquer cor do catálogo RAL

Conheça a nossa nova gama de amortecedores de impacto

 A nossa gama de amortecedores de impacto tem 11 modelos, e temos stock de todos eles. Deixamos-lhe as imagens dos modelos:

Como deve saber, na nossa nova página web pode pedir-nos orçamento para qualquer produto. No caso dos amortecedores de impacto, entre nesta página e clique simplesmente no botão 'adicionar' do amortecedor de impacto em que esteja interessado.

Também dispomos de amortecedores de impacto para áreas urbanas

Alguns dos modelos disponíveis foram concebidos para as características de circulação de ambientes urbanos, onde também existem numerosos perigos e obstáculos que comprometem a Segurança Rodoviária, quer se trate de postes, quer de sinais de trânsito, semáforos, árvores, etc. Embora alguns deles possam inclusivamente ter sido concebidos para protegerem os peões, podem eventualmente constituir um risco para a vida dos condutores de um veículo que colida com eles. Por isso, na Metalesa dispomos de amortecedores de Impacto concebidos para cidades e zonas de velocidade reduzida de até 50 km/h.

As vantagens anteriormente descritas aplicam-se igualmente a estes modelos urbanos. Por cidades seguras!

A nossa nova gama de amortecedores de impacto foi concebida para proteger o que mais nos importa: as pessoas. E por este motivo devemos efetuar a difusão deste produto para que seja instalado cada vez mais nas estradas espanholas, que ficarão mais seguras.

Para concluirmos este artigo, aproveitamos para os informar de que a nossa nova secção de Webinar terá início com uma conferência muito interessante sobre os amortecedores de impacto. Não o pode perder! Registe-se nesta ligação.

Se necessitar de entrar em contacto connosco, não hesite em ligar-nos para o nº 96 088 99 44 ou enviar-nos um e-mail para metalesa@metalesa.com


Os nossos guarda-corpos do tipo ADIF

O que é um guarda-corpos de proteção?

Os guarda-corpos, também conhecidas como sistemas de proteção coletiva, consistem em tipos de sistemas que se costumam utilizar face a aberturas ou desníveis que podem constituir risco de queda a partir de uma determinada altura.

Os guarda-corpos oferecem segurança contra o risco de queda num perímetro que pode ser considerado como uma zona de perigo. É por isso que se deve prestar uma atenção especial a plataformas, aberturas no chão, cais e estruturas semelhantes. Depois de conhecermos o que é uma balaustrada de segurança, falaremos dos tipos de guarda-corpos e vedações do tipo ADIF.

Tipos de guarda-corpos e vedações que concebemos, fabricamos e instalamos na Metalesa.

  • Guarda-corpos de aço: Tanto de aço com de aço inoxidável, para estruturas de pontes de estrada e caminho de ferro e para aplicações urbanas que garantem a segurança da passagem de peões.
  • Guarda-corpos para estações: Estes têm diversas formas e materiais para a colocação nas estações de comboio, tanto de suburbanos como de alta velocidade, e estações de metro e elétrico.
  •  Guarda-corpos e vedações do tipo ADIF: São um sistema especializado para infraestruturas ferroviárias de diversas formas, classes e materiais. No seu fabrico satisfazem-se as especificações definidas pelo ADIF para qualquer produto que deva ser instalado nas suas infraestruturas.
  • Vedações metálicas: São especificamente concebidas para protegerem ou fecharem qualquer espaço ou recinto. Delimitam qualquer tipo de espaço ou infraestrutura que necessite de ser fechada ou delimitada, como por exemplo instalações desportivas ou centros escolares.
  • Vedações antivandalismo: Concebidas para a instalação de passagens superiores e pontes, tendo em vista evitar a queda de objetos nas vias por onde circulam pessoas, veículos ou comboios.
  • Vedações eletrossoldadas: Estas cercas têm uma gama completa de cercas eletrossoldadas com diferentes modelos de malha, tendo em vista proporcionar vedações para infraestruturas ou zonas industriais e residenciais.
  • Guarda-corpos e vedações para espaços industriais: Instalam-se para a proteção e delimitação de ambientes industriais. Válidas para a proteção de pessoas e maquinaria, assim como para o cerramento de espaços de trabalho.

Sistemas de segurança para infraestruturas ferroviárias

Na gama de produtos destinados à Segurança Ferroviária, neste artigo vamos dar uma importância especial aos guarda-corpos e vedações do tipo ADIF.

A nossa empresa trata da conceção, fabrico e comercialização de uma gama completa de sistemas de segurança especializados para infraestruturas ferroviárias de diversas classes, materiais e formas.

No fabrico dos nossos produtos satisfazem-se as especificações definidas pelo ADIF para qualquer produto que deva ser instalado nas suas infraestruturas.

O que são os guarda-corpos do tipo ADIF?

Os guarda-corpos do tipo ADIF são um sistema de contenção para peões, cujo fim é garantir a sua segurança em viadutos, pontes ou lugares de passagem dentro de infraestruturas ferroviárias operadas pelo Administrador de Infraestructuras Ferroviarias (ADIF). Trata-se de um elemento muito importante para a segurança dos peões nas vias de circulação onde haja acesso livre, embora não garanta a obtenção dos veículos. Pela sua parte, as vedações do tipo ADIF são um sistema standard para prevenir os atos de vandalismo a partir de passagens superiores sobre infraestruturas ferroviárias operadas pelo ADIF.

Existem dois tipos de fixação à estrutura: embebendo parte dos postes antes da betonagem, ou então mediante uma placa de base ancorada com pernos mecânicos ou químicos.

Além disso, para todos os nossos guarda-corpos do tipo ADIF oferecemos vários métodos anticorrosão para se garantir a boa manutenção da estrutura. Os procedimentos que oferecemos são a galvanização a quente em conformidade com a norma ISO 1461, o acabamento termolacado ou uma combinação das duas técnicas.

Porquê confiar nos guarda-corpos do tipo ADIF que a Metalesa fabrica?

Na Metalesa a Segurança Rodoviária é importante. Por isso fabricamos a pedido os guarda-corpos e vedações do tipo ADIF , tendo em conta as especificações gerais, assim como o caderno de encargos particular do projeto.

Se necessitar de ajuda ou assessoria para a instalação de guarda-corpos e vedações do tipo ADIF, contacte a Metalesa através do número de telefone 96 088 99 44 ou da nossa página web.


Fachadas vegetais contra o ruído nas grandes cidades

As fachadas vegetais contra o ruído nas grandes cidades são uma alternativa eficaz e sustentável ao estilo de vida atual. Historicamente, tentou-se introduzir a natureza nos ambientes urbanos através de parques e áreas verdes em espaços delimitados. Com o tempo a tendência está a mudar, e a proposta é, cada vez mais, integrar a natureza e uma consciência ambiental na nossa vida diária para desenvolvermos uma sociedade com a máxima sustentabilidade possível.

Em que é que as cidades verdes consistem?

São estas cidades que respeitam em maior grau o meio ambiente e facilitam a convivência das pessoas com a natureza no seu dia a dia. As cidades verdes procuram aproveitar os recursos naturais, favorecendo assim os ambientes urbanos amigáveis em aspetos tão importantes como os espaços verdes, a qualidade do ar, a convivência com animais ou a regulação das temperaturas.

Para as grandes cidades a adaptação a este objetivo é muito difícil, pelo que as suas autoridades costumam procurar soluções disruptivas com as quais consigam atrair a sustentabilidade sem destruir tudo o que já foi construído. Uma das soluções mais eficazes é a dos jardins verticais. Flores, plantas aromáticas e até mesmo hortos urbanos plantados em paredes que ajudam a limpar o ar e trazem numerosos benefícios para as pessoas. As plantas absorvem o CO2 do ar, ao mesmo tempo que produzem oxigénio, proporcionam odores agradáveis; além disso, regulam a temperatura e atuam como barreira contra o ruído.

Em cidades como Singapura, sempre na vanguarda em termos de sustentabilidade, ou muito mais perto, Vitória-Gasteiz, nomeada European Green Capital em 2012, podemos encontrar amostras deste conceito.

O nosso compromisso para com a sustentabilidade

Na Metalesa estamos comprometidos com o meio ambiente e a sustentabilidade proporcionando soluções inovadoras, como as nossas barreiras contra a contaminação acústica. Estas barreiras são especialmente concebidas para o tratamento do problema da contaminação acústica, tanto para pessoas como para animais.

Hoje concretamente, centramo-nos numa solução para a contaminação acústica que, além disso, é sustentável e proporciona um suporte excelente para a introdução de vegetação em espaços urbanos.

As nossas barreiras acústicas Metagreen integram a natureza nos espaços urbanos ao estilo dos jardins verticais. Este produto está em sintonia com os conceitos de cidades verdes e de cidades inteligentes, dado que proporciona a tecnologia das barreiras acústicas contra o ruído, mais os benefícios para a saúde das pessoas e do meio ambiente com a sua cobertura natural de vegetação viva.

Barreiras acústicas Metagreen

O painel fonoabsorvente Metagreen é composto por uma armação de aço galvanizado a quente que se encaixa entre os perfis de fixação da estrutura de suporte. O seu interior é composto por lã de rocha e outros materiais que, juntamente com a malha de plástico verde, facilitam o crescimento da vegetação nas duas faces. Além disso, são sustentáveis, dado que a lã de rocha do seu interior é capaz de reter a água da chuva, que se converte numa reserva de humidade para a vegetação que cresce no seu exterior.

Vantagens da barreira acústica Metagreen

Por ser um painel vegetalizável, integra-se magnificamente na paisagem e mimetiza-se com o novo modelo de cidades verdes com jardins verticais. Entre as suas vantagens mais notáveis encontram-se as propriedades naturais dos jardins verticais, como a libertação de oxigénio, assim como a absorção de CO2, regulação da temperatura e amenização dos espaços urbanos, aproximando-se visualmente a espaços naturais.

Também tem numerosas vantagens como a sua durabilidade, graças ao tratamento anticorrosão de galvanização, as suas excelentes propriedades isolantes e absorventes da contaminação acústica.

Paneles Acústicos Metagreen

Paneles fonoabsorbentes de apariencia vegetal

¡Déscubrelo!

Onde instalar as barreiras antirruído vegetais?

Um dos espaços mais comuns onde se adicionam estas barreiras é nas estradas, dado que a sua manutenção é mínima e simples. Também são vistas muito frequentemente em zonas urbanas, públicas e privadas, como chalés ou urbanizações, pela sua atrativa estética vegetal e as suas fantásticas propriedades antirruído. Desempenham uma dupla função estética e acústica.

Como é que se instalam as barreiras acústicas Metagreen?

Estas barreiras são de instalação muito fácil, mas é conveniente que qualquer projeto seja estudado pela nossa equipa de engenheiros para garantir o resultado acústico esperado e a robustez da solução.

As cidades verdes são uma grande alternativa aos espaços urbanos afastados da natureza. Se desejar mais informações sobre as nossas barreiras Metagreen, ou quiser conhecer a nossa gama completa de barreiras acústicas, contacte-nos. Teremos muito gosto em ajudá-lo(a).


Estações de comboios, espaços mais seguros

Graças aos avanços tecnológicos e técnicos na indústria da segurança, os espaços que habitamos e pelos quais transitamos diariamente, como os serviços de transportes públicos, oferecem cada vez mais segurança e fiabilidade, permitindo que os seus utilizadores não só depositem a sua confiança neles, mas também que aumentem a presente. No artigo de hoje falaremos destes espaços. Mais concretamente, falaremos de soluções de segurança ferroviárias.

Os cerramentos nas estações de comboio, alta velocidade (AVE), e derivados, viram-se envolvidos numa renovação que aposta num melhoramento exponencial da experiência do utilizador (e dos seus trabalhadores) em termos de segurança, garantindo a sua integridade, melhorando a eficiência e também a do espaço físico das estações de caminho de ferro, protegendo vias, comboios, sinalização, focos, etc.

Também falaremos do papel da Metalesa e do papel crucial que a instalação da nossa vedação Security Plus tem nesta renovação de elementos de segurança que está a ser implementada por grandes empresas como o Adif na rede ferroviária espanhola, e sobre como se pode adaptar às especificações de qualquer projeto.

A que é que se deve o aumento da segurança nas estações de comboio?

Nos últimos anos, dezenas de títulos encheram páginas da imprensa nacional espanhola, expondo um aumento dos casos de vandalismo nas estações de caminho de ferro e de metro, assim como em diferentes áreas do sistema ferroviário, afetando os sistemas de catenária, pondo a manifesto as consequências que teve no correto funcionamento, vida útil e rendimento operacional dos próprios comboios.

Até há pouco tempo, o jornal Metrópoli dava a conhecer, através das redes sociais, um dado mais do que relevante. Nesse mesmo ano, o número de atos de vandalismo nos comboios (principalmente graffiti) ascendia a um total de 921, o que provocou danos num valor de mais de 3 milhões de euros, mais concretamente 3.328.730 euros, o equivalente a uma média de mais de 12.000 euros por dia. Desta forma, um meio de transporte eficiente e sustentável como o caminho de ferro vê reduzidas as suas capacidades de serviço a milhões de passageiros.

Noutra ocasião, três atos de vandalismo em três pontos da rede rodoviária que liga Girona a França deram lugar a atrasos de aproximadamente uma hora no trajeto. Foi noutro momento que o roubo de 600 metros de fibra ótica originou atrasos no fluxo de passageiros, causando incómodos a mais de 7 mil utilizadores que se dispunham a viajar de Madrid para a Catalunha. Outras vezes e em diferentes vias, os atos de vandalismo implicaram o cancelamento direto de numerosos serviços em diferentes horários. É por isso que, para a melhoria dos seus serviços, as empresas responsáveis pelo setor se veem obrigadas a adquirir soluções inovadoras que convidem a reduzir custos, evitando reparações e manutenção excessiva, assim como evitar incidentes e longas filas que derivam na capacidade de redução dos custos operacionais.

O problema da segurança nas zonas ferroviárias, como estações, vias, e os próprios comboios, fica latente depois de numerosos atos de vandalismo que põem em relevo a necessidade da renovação destes espaços. Apostando na instalação e na implementação de cerramentos e sistemas de segurança sem precedentes que reduzam – se não eliminarem – o número de danos causados por tais atos.

Que tipo de cerramento é que proporciona uma maior segurança em ambientes ferroviários?

São numerosos os elementos que se podem instalar neste tipo de ambientes de transporte de passageiros, mas não há dúvida de que, na Metalesa, apostamos nas vedações de segurança para garantirmos a segurança, funcionalidade e integridade das pessoas e do espaço.

Mais concretamente, estamos orgulhosos por termos desenvolvido a nossa vedação SECURITY PLUS, um sistema de cerramento metálico com múltiplas possibilidades de aplicação. Este sistema de vedação está destinado a proteger contra a intrusão de pessoas nas infraestruturas públicas e privadas.

Também temos orgulho em contar com clientes como o Adif, entidade dinamizadora do setor ferroviário na Espanha que utiliza atualmente elementos de segurança como a vedação SECURITY PLUS nas suas instalações, como parte do seu plano para a renovação e melhoria da segurança nas estações de caminho de ferro. Tendo em vista otimizar o serviço e evitar as interrupções nas operações diárias dos operadores de transporte público.

Que características é que o sistema de vedação SECURITY PLUS tem?

Na Metalesa, concebemos as nossas vedações SECURITY PLUS com a segurança como estandarte do nosso propósito: a proteção e segurança do transporte ferroviário. Este sistema de vedação em concreto é composto por painéis fabricados com arame de aço de 4 e 6 mm de diâmetro, com uniões eletrossoldadas de retícula retangular. Esta vedação permite a sua eletrificação e, portanto, poderá proporcionar uma maior segurança ao recinto.

A fixação das armações é efetuada com parafusos de segurança invioláveis e foi especialmente concebida para troços em rutura e curvos do caminho de ferro (mediante uma poligonal) e com declive.

Relativamente à sua instalação, pode-se efetuar de duas formas diferentes:

  • Fixação à estrutura mediante soldadura a uma placa previamente embutida no betão.
  • Fixação à estrutura mediante placa de base aparafusada com pernos mecânicos ou químicos em conformidade com a norma EN 85-239-91 «Guarda-corpos. Características das ancoragens, condições de fornecimento e instalação na obra».

De que forma é que se pode adaptar a vedação SECURITY PLUS ao meu projeto?

Embora seja possível escolher de entre alturas diferentes, esta não é a única característica modificável. Uma das vantagens deste sistema de vedação é a personalização mediante a termolacagem com qualquer cor do catálogo RAL, um sistema europeu de combinação de cores que define cores para tintas e revestimentos, ideal para se ajustar às especificações e características de cada projeto.

A personalização através da cor pela técnica da termolacagem não só proporcionará um valor estético que se coordene com a imagem de marca da empresa, mas também suscitará no utilizador a sensação de qualidade, confiança, coerência e estabilidade relativamente à mesma.

Para conhecer a nossa gama de produtos e serviços, não hesite em contactar-nos ou visitar o nosso catálogo online.